sábado, 21 de março de 2009

O ARTISTA VIVO VALE MAIS - TV ARTPONTO 2012


O ARTISTA VIVO VALE MAIS

Venho me debatendo como sapo em banho dentro de bacia de água quente, para tentar mostrar que o artista vivo vale mais do que o que já morreu.
O artista vivo pode falar quando, como e onde produz sua obra, ainda convive com seu espectador.
Os que se foram legaram à posterioridade sua vida e sua obra. Agora cabe apenas a nós preservá-las para deleite e pesquisa, não promovê-los como se ainda estivessem vivos, foram e não são mais ídolos.
Enquanto o empresariado promove os grandes nomes do passado aquele que pode produzir e enriquecer o patrimônio cultural brasileiro e ainda justificando, apenas aguarda para ficar rico e famoso depois de morrer. Olha que temos excepcionais talentos e isso ainda em toda a esquina.
Acredito que o brasileiro está mais para a arte do que para o futebol e o carnaval
Sugiro que oitenta por cento da verba tenha que ser obrigatoriamente voltada para o artista vivo, que vale mais.


Líbano Montesanti Calil Atallah
Artista plástico




LÍBANO MONTESANTI CALIL ATALLAH
VEJA O
BOOK DO LÍBANO NA:

TV ARTPONTO

ENTRE EM CONTATO CONOSCO